27.11.13

#Cores: Parques

Oi pessoas. 
Quem acompanha o blog sabe que nas últimas semanas estive em Curitiba (PR) fazendo umas provinhas e, também, passeando. Aquela cidade é perfeita em relação aos parques. Adoro parques e, sinceramente, acho que a administração sinopense deveria fazer um intensivão com a capital paranaense e montar alguns lugares assim para dar opção aos moradores daqui! Ninguém merece não ter um lugar para passear com a família aos finais de semana ou para mostrar aos visitantes... Mas chega  de blá blá blá e acho digno mostrar algumas fotinhas que fiz por lá (mesmo sabendo que Sinop foi colonizada por paranaenses e que muita gente daqui vai para lá direto! haha). 

#1 - Parque Tanguá. 
Acho que esse foi o meu queridinho. Talvez por ser mais tranquilo que os outros (pelo menos nos dias que fui). Ou talvez pelo simples fato de ser perto da casa do namorado (rs). Mas o que posso afirmar é que não tem como não esquecer dos problemas andando por ali viu. 

Sobre o local: inaugurado em novembro de 1996, tem área total de 450 mil metros quadrados. No parque destacam-se duas pedreiras, unidas por um túnel de 45 metros de extensão, que pode ser atravessado a pé, por uma passarela sobre a água (fonte: Prefeitura de Curitiba).

(Imagens: Doces, Cores e Textos)

# 2 - Bosque Alemão
Esse é outro espaço lindo e bem família. O lugar homenageia os imigrantes alemães e, nele,  os visitantes podem passar pelo caminho de João e Maria (onde há várias paradas que contam a história infantil); ouvir a história contatada por uma bruxinha na Casa Encantada; conhecer a oratória Bach e também passar pela Torre dos Filósofos (de onde da para ver um pouquinho de Curitiba do alto).

(Imagens: Doces, Cores e Textos)

# 3 - Parque Barigui
O lugar é muito bonito e também grande...o meu pai amado como é grande! Pelo menos para mim que sou sedentária. Já peço desculpas porque nesse dia eu não estava muito legal e sem muito ânimo para tirar fotos. Mas se for para Curitiba, passa por lá que não vai se arrepender, sério!

Sobre o local: Fundado em 1972, é um dos maiores parques da cidade; é um refúgio para muitos animais nativos e migratórios. Foi escolhido pelos curitibanos como o favorito para caminhadas diárias. Dispõe de equipes de ginástica, parque de diversões e mais um espaço para exposições e eventos. Aqui também localiza-se o Museu do Automóvel.  (fonte: Prefeitura de Curitiba).

(Imagem: Doces, Cores e Textos)

# 4 Ópera de Arame e Jardim Botânico.
Bom, essa foi a segunda vez que fui para lá. Afinal, namorado mora em Curitiba então as vezes é bom dar uma conferida na bagunça né? haha. No finalzinho do ano passado visitei a Ópera de Arame e o Jardim Botânico. Como o assunto é lugares resolvi incluí-los aqui! 

(Imagem: Doces, Cores e Textos)

Sobre os locais:
A Ópera de Arame, com estrutura tubular e teto transparente, é um dos símbolos emblemáticos de Curitiba. Inaugurada em 1992, acolhe todo tipo de espetáculo, do popular ao clássico, e tem capacidade para 1.572 espectadores (fonte: Prefeitura de Curitiba).
O Jardim Botânico é marca registrada de Curitiba e foi inaugurada em 1991. É um dos pontos mais visitados e foi criado à imagem dos jardins franceses.  Estende seu tapete de flores aos visitantes logo na entrada. A estufa, em estrutura metálica, abriga espécies botânicas que são referência nacional, além de uma fonte d'água. A mata nativa está ponteada de trilhas para percursos a pé. O Museu Botânico, dirigido por Gert Hatschbach, atrai pesquisadores de todo o mundo. Tem espaço para exposições, biblioteca e auditório. Atrás da estufa está localizado o espaço cultural Frans Krajcberg com exposição permanente de 114 esculturas desse artista/ambientalista (fonte: Prefeitura de Curitiba).

Curtiu?! #Compartilha então..
Beiijos e até mais!



Um comentário:

  1. Muito bom...pior que falta isso em Sinop mesmo...não tem um lugar legal pra ir com a família ou levar quem vem visitar a cidade..pelo tamanho da cidade já poderia ter 2 tranquilamente...

    ResponderExcluir

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo