23/12/2013

#Textos: Então é natal...



"Filho, para de correr", "menino, deixa essa caixa onde estava", "para de mexer nas lâmpadas da árvore". Frases incansavelmente repetidas pela mãe de um menininho espoleta de cinco aninhos, que corre para lá e pra cá em volta da árvore de natal, esperando a autorização dos pais para começar desembrulhar os presentes e ver o que o famoso Papai Noel trouxe. Junto dele estão outros dois priminhos mais velhos, que já descobriram que o bom velhinho que aparece todos os anos é o tio Jô fantasiado...mas eles não contarão para o menininho, afinal, querem saber qual será a reação dele neste ano: se vai chorar com medo da barba branca grande ou se dará risada da má atuação do titio. 

Na cozinha estão as mulheres terminando os pratos que serão servidos na ceia. Vó, mãe, tia, irmã. Nas minhas contas, no mínimo umas cinco. Acho que está faltando alguém, mas não me lembro. Está um falatório que só é interrompido pelas risadas, algumas mais escandalosas do que as outras. Do lado de fora estão os homens. Natal é quase sempre assim. Elas lá e eles do outro lado, bebendo vinho e conversando as vezes sobre o passado e, em outras, sobre os planos do ano seguinte. 

E eu, bem....eu estou novamente sentada perto da janela assistindo as cenas. Quando vejo todos sorrindo e conversando, fico imaginando minha família como aquelas das propagandas de margarina, onde tudo é perfeito. Ah se os outros dias do ano fossem assim também. Mas na verdade é quase uma guerra. Um discute com o outro. A tia resolve não mais falar com o irmão. O primo não quer saber de papo com a outra tia. Cada dia é uma discussão nova, uma dor de cabeça diferente.

Mas todos dão uma trégua na época de natal. Eu custava a entender o porquê disso. Talvez eu, no auge dos meus quase 15 anos, ainda não tenha noção por completo, mas acredito que seja esse espirito de solidariedade e de esperança de algo melhor que acaba mexendo com os sentimentos de cada um. Cá estou eu sentada, olhando em volta e talvez chegando a uma conclusão. Quem sabe a confusão não seja o que cada um quer, mas sim, resultado de opiniões diferentes; ou as "brigas" sejam consequências de situações que acabaram não sendo resolvidas de maneira adequada...sabe quando fica aquele remorso? Aquela famosa história mal contada? Ou, quem sabe, a desagradável discussão tenha ocorrido pelo simples fato de um dos envolvidos ainda não estar tão certo sobre o que quer.

Acho o período natalino o mais bonito e, também, o mais triste de todos. Bonito não pelos presentes mas por todo o sentimento de esperança que acabo sentindo nesta época. Vejo os sorrisos desses "briguentos" que estão em volta de mim e, também, a vontade que cada um tem de fazer melhor nos dias seguintes...sorrisos sinceros. Já a tristeza que sinto é  porque nem todas as famílias se dão essa oportunidade de melhorar, corrigir erros, pedir desculpas, pensar no futuro. As vezes um deseja essa paz entre aqueles que ama...mas há certas coisas que apenas uma pessoa não consegue fazer mudar. É necessário a colaboração do outro.

Então, para este natal desejo apenas que esse espirito de solidariedade se multiplique e se torne diário. Ser solidário não só com os outros, mas com si. Que relações estremecidas sejam restabelecidas. Que mágoas sejam esquecidas e feridas cicatrizadas. Que o passado atordoante seja apenas uma má recordação...e que, com isso, famílias retomem laços que nunca deveriam ter sido desfeitos.

Escuto vozes longe...longe. Alguém chama por meu nome. Droga! Me tiraram do meu mundo paralelo de reflexão. Estava tão bom mas chegou a hora da ceia. Ah, e chegou também o tio Jô, com aquela fantasia velha e arrancando gargalhadas com essa péssima atuação.

Feliz Natal!

Por Karoline Kuhn

Até quarta *-* 

Um comentário:

  1. AMEI KAROL... AMEI... É BEM ISSO QUE SINTO... KKKK... quem tem familia PERFEITA não sabe o que é "os sorrisos desses "briguentos" que estão em volta de mim"... ADOREI E NA MINHA FAMILIA É ASSIM TAMBÉM... E POR ISSO É MARAVILHOSO... E POR ISSO SINTO TANTA FALTA DELES NO NATAL... OBRIGADA PELO TEXTO... PREENCHEU MEU DIA E MINHA SEMANA DE NATAL... e essa foto é perfeita!

    ResponderExcluir

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo