24/02/2014

#textos: Carta de uma desesperada


Querido destino, 
venho por meio desta carte pedir-lhe, formalmente, que reavalie as coisas que coloca na minha vida. Já estou com 34 anos e cansada dessas encrencas. Chega de ex-namorados psicopatas que me perseguem por e-mail no escritório; chega de baixinhos narigudos que insistem em achar que eu estou desesperada por um relacionamento só por causa da minha idade.

Já percebi que o quesito amor não cai muito bem para mim, mas poxa, já pode parar de me sacanear né? Nos últimos dois anos engatei namoros desastrosos com um alcoólatra, um quase mendigo e também com aquele agiota, que com o fim do relacionamento ficou me cobrando uma divida que nunca fiz. Cansei....cansei...cansei.

Decidi que a partir de agora não vou cair nessas ideias malucas de quase namorados perfeitos, que de perfeitos não têm nada. Vou focar no meu trabalho e quero uma mãozinha nesse tópico, tá? Até final do ano quero ser promovida, mas antes disso, um aumento salarial também seria de bom grado. 

Ah, e quanto aquela ideia de ter meu filho. Não precisa colocar nenhum doido na minha vida...decidi que adotarei. Há tantas crianças no mundo que estão esperando por uma família...Pois bem, serei uma família completa de uma pessoa tá. 

Vou parar de procurar, assim talvez eu encontre. Quem sabe?

Obrigada, Sabrina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo