17.3.14

#Jornalismo e boas histórias.

Quando escolhi jornalismo como profissão, encarei os olhos arregalados de susto da minha mãe que, por causa do cargo que exercia, era sempre entrevistada (não preciso dizer que ela não gostava né?!). Ela nunca me criticou e, apesar dos olhos assustados, sempre me deu muita força para continuar. Nunca foi meu sonho me tornar jornalista. Aliás, quando criança, era uma profissão que eu nem cogitava. Brinco que tirei no uni-duni-tê para escolher qual curso eu prestaria vestibular...Mas acho, que no fundo, foi o curso que me escolheu e hoje sou completamente apaixonada em contar histórias....trabalhar com as palavras.

Posso não estar mais em uma redação. Mas estou dentro de sala de aula,  repassando a novos curiosos tudo e, ao mesmo tempo, o pouco que sei sobre jornalismo. Apesar de continuar na faculdade mesmo que estando do lado contrário, acordei com saudades da época de graduação (que nem faz tanto tempo assim). Saudades das brigas, dos confrontos, das confraternizações, dos debates de temas...de tudo. 

E essa saudade me fez compartilhar o texto escrito por nossa oradora, Beatriz Calai. 

"Quando fui escolhida como oradora da turma logo me veio a cabeça como contar a nossa história. Nós, jornalistas, estamos habituados a contar as histórias das outras pessoas. Histórias reais, com fatos reais.  Todas as pessoas aqui presentes, já estiveram ligadas de alguma maneira ao nosso trabalho, mesmo que inconscientemente.

Muitos já se viram em noticiários de tv, encontraram um assunto interessante em um site de notícias e comentaram em casa, no trabalho, na faculdade,  no facebook. Quantos e quantos já descobriram algo novo, se emocionaram ou até  mesmo indignaram-se com o que nós mostramos... com as histórias que contamos.

Tv, rádio, site, impresso...esporte, política, economia, policial...Independente do meio, independente do assunto, a gente faz parte da vida de vocês e vocês fazem parte da nossa. Por isso nos preparamos, por isso estudamos a teoria. Precisamos estar preparados para realizar o nosso trabalho com ética, comprometimento e responsabilidade.

Parabéns aos jornalistas que estão se formando hoje e que continuarão contando a vida de muitas pessoas. Vamos lá gente, a correria, o estresse, a fome, o sono ...as boas histórias nos esperam!"

Sinop, 2 de fevereiro de 2012. Quinta-feira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo