15/10/2014

A louca por batons... #13 curiosidades sobre esses queridinhos!

Olhando na minha caixa de maquiagens, vi que posso ser considerada uma louca por batons...vários vermelhos, vários rosas, vários marrons...uns laranjinhas... gente, coisa de louco! Aí percebi que nunca soube quando de fato inventaram o batom. Ahhh, resolvi pesquisar algumas curiosidades e trazer para vocês! 

1. Os registros das primeiras mulheres que usavam algo parecido com batom datam 5.000 anos a.C., no Egito. Àquela época, utilizavam-se substâncias naturais, como a "púrpura Tyr", substância que realçava a cor dos lábios. Nos túmulos mais antigos, como o da rainha Nefertite, exposta no Museu de Berlim, foram encontrados os primeiros pigmentos vermelhos, de óxido de ferro.

2. Apesar de, no Egito, as mulheres tingirem os lábios como parte de sua rotina, na Grécia (século II), elas só podiam desfrutar do cosmético após o casamento, já que uma lei proibia o uso antes deste período.

3. A má fama do batom nos séculos seguintes nasceu na Espanha. Por lá, no século VI, apenas mulheres de classe baixa utilizavam a pintura. Com o tempo, o uso tornou-se sinônimo de más intenções.

4. Na Inglaterra, um parlamento proibiu o uso de pigmentos para tingir a boca, em 1770. 
Para os ingleses, as mulheres com bocas coloridas eram capazes de seduzir e manipular os homens.

5. O nome batom só surgiu na França e, em 1921, ganhou seu atual formato, pronto para ser vendido nas lojas de Paris.

6. Sucesso, mesmo, só nos anos 1930, quando o batom caiu no mercado americano, e de lá, para o mundo.

7. George Washington usava batom, maquiagem e uma peruca empoada.

8. Em 1915, no Kansas (EUA), o batom foi proibido para mulheres com menos de 44 anos pois passava a impressão errada.

9. Elizabeth Taylor tinha tanta paixão por seus lábios vermelhos, que ela exigia que nos sets de filmes apenas ela usasse a cor de batom.

10. 5% dos batons usados podem ser encontrados em copos e xícaras de café, chá e água e outros 5% nos estômagos das mulheres, que ingerem sem querer ao lamber os lábios.

11. Uma pesquisa feita em 1998 apontou que 32% das mulheres tem mais de 20 cores de batom.

12. 80% das americanas usavam batom em 2000, 10% a mais do que as francesas.

13. Óleo de rícino é um composto comum dos batons e ajuda a manter o brilho e a durabilidade do produto, já a cera de abelha ajuda a manter a forma e a deslizar mais facilmente pelos lábios.

(Onde vi tudo isso? Aqui  e Aqui )
Esses aqui são os meus queridinhos atualmente. E o seu, qual é?








1. Batom Duo Tatto  - Ésika Color Maxtime - Cor: Fuscia Hot
(obs. só sai com demaquilante! Não tem cheiro mas se os lábios estiverem ressecados, ressaltará essa falha).

2. Batom Duo Tatto  - Ésika Color Maxtime - Cor: Beige Season
(obs. só sai com demaquilante! Não tem cheiro mas se os lábios estiverem ressecados, ressaltará essa falha).

3. Vult Matte - Cor 08  (resenha aqui!)
(Obs.; boa fixação. Cheiro de maquiagem de farmácia (existe isso? rs) mas agradável...nem tão Matte assim!)

4. Mary Kay - Toffee
( Obs.; cheiro agradável, parece um tom um pouco mais escuro que o nude...cintilante mas sem brilho exagerado. Lindo para o dia-a-dia. Uma das minhas paixões!)

5. Avon - Beijo Total - Doce Tentação
(Obs.;  o que mais gosto nesse batom com certeza é o cheirinho de morango dele. Gente, é coisa de louca, eu sei, mas um dos quesitos para eu apaixonar em algo é o perfume. Ele é um rosa que foge dos clássicos...lindo! Em loiras então, acho bárbaro!)

6. Natura UNA - vermelho 5
(Obs. Bem Matte. Cheirinho parecido com canela (ou pode ser coisa da minha cabeça). Prefiro aplica-lo com pincel. Ótima dica para presente!)

7. Mary Kay - Frosted Rose
(Obs.; parece um roxo mas é um rosinha do tipo queimado lindo. Tem um leve brilho mas fica perfeito para usar durante o dia. Mais um da minha relação de paixão!)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo