10.9.18

E se você pedisse alguém 300 vezes em namoro?


Era só mais um dia quente. Meio-dia. Preparava-me para voltar ao trabalho quando pisca a tela do meu celular. Era uma chamada perdida de um número não agendado. Celular sempre no silencioso. Decido retornar (coisa que raramente faço).  Do outro lado da linha, um amigo com seus 20 e tantos anos e um "favorzinho" a pedir. Era mais um, na verdade. Pouco mais de 15 dias antes, eu já tinha acobertado numa missão quase que impossível (entregar um presente surpresa para a namorada sem que ela percebesse).

"Ah, se não for para pedir ela em casamento, nem comece a pedir seu favorzinho", foi a resposta que eu logo sai dando ao ouvir o "Karol, preciso da sua ajuda". Para minha surpresa, a resposta foi exatamente o que eu quase pedia. "Então continua na linha porque é bem nisso que você vai ajudar".

Um casal fofo, daquele tipo que faz uma brincadeira lá no início do namoro e que, no fim, acaba transformando a brincadeira em realidade. Qual era deles? Simples: o pedido de casamento sairia depois que ela aceitasse os 300 pedidos de namoro que ele faria durante o relacionamento. Bem, a função dos amigos? fazer os últimos 13 pedidos pelo namorado, por vídeo...E olha, que cena linda!

A pior parte em participar do plano? esconder da amiga (e colega de trabalho) que o noivado estava prestes a acontecer.

Por mais casais assim. Daqueles que fazem acreditar que existe grandes amores.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo